Artigos
  • JOAQUIM SPADONI
    Os salários que são pagos com nosso dinheiro devem ter critérios claros, pautados e limitados em Lei
  • RENATO NERY
    Apesar dos grande avanços, está-se liquidando o que ainda resta da nobre e festejada profissão
STF / MORTE TRÁGICA

Tamanho do texto A- A+
20.01.2017 | 16h08
'A consternação tomou conta do STF', diz Cármen Lúcia
Presidente do STF lamenta morte de ministro Teori Zavascki
Reprodução
A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, lamentou morte de Teori Zavascki
LETICIA CASADO E DANIEL CARVALHO
DA FOLHAPRESS

A ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), divulgou nota na noite desta quinta (19) sobre a morte do ministro Teori Zavascki, 68, relator da Operação Lava Jato na Corte.

Teori sofreu um acidente de avião na costa de Parary (RJ).

"A consternação tomou conta do Supremo Tribunal Federal, neste 19 de janeiro, com a notícia da morte de um dos mais brilhantes juízes que ajudaram a construir a história deste Tribunal e do País. O ministro Teori Zavascki representa um dos pontos altos na história da nossa Justiça", diz o texto.

"O seu trabalho permanecerá para sempre, e a sua presença e o seu exemplo ficarão como um rumo do qual não nos desviaremos, cientes de que as pessoas morrem, suas obras e seus exemplos, não", afirma o texto.

Cármen Lúcia foi informada por volta de 15h30 sobre o acidente. Ela estava em Belo Horizonte e embarcou para Brasília no início da noite, segundo sua assessoria.

"A morte põe fim a uma vida, mas não acabam a amizade, a convivência nobre, gentil e fecunda do amigo dos amigos. Nem a generosidade com todos que caracterizava o ministro Teori Zavascki", diz Cármen Lúcia.

"O sentimento de dor e de saudade servirá de permanente lembrança para os compromissos que marcaram a vida do ministro, uma responsabilidade nossa, a fim de nos perseverarmos, também em sua homenagem, na mesma trilha."

"O STF solidariza-se com a família do ministro Teori Zavascki e agradece as manifestações de pesar recebidas pela sua morte".


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Agosto de 2017
20.08.17 16h10 » Gilmar Mendes decide soltar mais 4 investigados em operação do RJ
18.08.17 17h51 » Filho e ex-assessor de Silval têm delações homologadas no STF
18.08.17 17h44 » Tribunal terá que informar ao CNJ sobre salários de juízes
17.08.17 10h45 » Ministro do STF: Silval confessou crimes de "todos os níveis"
16.08.17 15h08 » Mato Grosso não será indenizado por abrigar terras indígenas
15.08.17 16h01 » STF nega novo pedido de Maggi para acessar inquéritos sigilosos
13.08.17 07h56 » “Brasil está em crise sem tamanho porque ninguém cumpre a lei”
12.08.17 09h43 » Silval: ele e Maggi deram R$ 6 mi para Eder mudar depoimento
10.08.17 18h46 » Cármen Lúcia nega pedido de Aécio para ser julgado por Gilmar Mendes
10.08.17 18h39 » Fachin dá cinco dias para Janot se manifestar sobre pedido de Temer



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet