Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    A data tão esperada de 20 de dezembro se aproxima, momento em que para os que trabalham com o Direito quase tudo para
  • LEONARDO CAMPOS
    Fim do Exame de Ordem vai à contramão do desejo da sociedade
T. Superiores / VEJA LISTA DE CAUTELARES

Tamanho do texto A- A+
01.11.2017 | 14h57
Ministro proíbe ex-Casa Militar de manter contato com esposa
Evandro Lesco não poderá falar com Helen Cristy Lesco, nem mesmo por intermédio de terceiros
Reprodução
O coronel Evandro Lesco, que não poderá manter contato com a esposa
LUCAS RODRIGUES
DA REDAÇÃO

O ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), proibiu o ex-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, de manter contato com a própria esposa, a personal trainer Helen Christy Lesco.

A medida, datada da última terça-feira (31), é uma das cautelares que o casal deverá cumprir para continuar em liberdade.

Eles estavam presos desde o dia 27 de setembro, por determinação do desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), pela acusação de terem integrado uma organização criminosa que planejava atrapalhar as investigações relativas ao esquema de interceptações telefônicas clandestinas que operou no Estado.

Além deles, também conseguiram a soltura mediante cumprimento de medidas cautelares: os ex-secretários de Estado Paulo Taques (Casa Civil), coronel Airton Siqueira (Justiça e Direitos Humanos) e Rogers Jarbas (Segurança Pública), além do sargento João Ricardo Soler e do major Michel Ferronato.

Na decisão, Marques pontuou ainda que as prisões dos alvos da Operação Esdras deixaram de ser necessárias após os inquéritos sobre o caso terem sido encaminhados ao STJ.

helen

A personal trainer Helen Lesco: proibida de falar com o marido

As apurações sobre os grampos foram levadas à instância superior após pedido do governador Pedro Taques (PSDB), que é um dos investigados e tem prerrogativa de foro na Corte citada.

Diante da decisão, somente permanecem presos, em razão dos grampos clandestinos no Estado, o coronel Zaqueu Barbosa, ex-comandante da Polícia Militar, e o cabo Gerson Luiz Corrêa. Os dois foram presos em 23 de maio.

Confira as medidas cautelares aplicadas a cada investigado:

Paulo Taques:

- Comparecimento quinzenal na 9ª Vara Federal de Cuiabá para informar e justificar suas atividades

- Proibição de manter qualquer contato com os investigados, ainda que de forma indireta, e de ingressar nas dependências da Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral do Estado, Gabinete de Comunicação, Gabinete de Desenvolvimento Regional, Gabinete de Estado de Assuntos Estratégicos, Gabinete de Governo, Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, e Governadoria, assim como Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Vice-Governadoria, Polícia Militar e estruturas do Comando Geral da Polícia Militar, assim como da Polícia Civil, assim como de manter contato com qualquer servidores destas unidades

- Proibição de se ausentar do município sem requerimento prévio ao ministro

-  Entrega de passaporte

- Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga

Rogers Jarbas:

- Comparecimento quinzenal na 9ª Vara Federal de Cuiabá para informar e justificar suas atividades

- Proibição de manter qualquer contato com os investigados, ainda que de forma indireta, e de ingressar nas dependências da Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral do Estado, Gabinete de Comunicação, Gabinete de Desenvolvimento Regional, Gabinete de Estado de Assuntos Estratégicos, Gabinete de Governo, Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, e Governadoria, assim como Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Vice-Governadoria, Polícia Militar e estruturas do Comando Geral da Polícia Militar, assim como da Polícia Civil, assim como de manter contato com qualquer servidores destas unidades

- Proibição de se ausentar do município sem requerimento prévio ao ministro

- Entrega de passaporte

- Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga

- Afastamento da função pública de delegado da Polícia Civil

Evandro Alexandre Lesco:

- Comparecimento quinzenal na 9ª Vara Federal de Cuiabá para informar e justificar suas atividades

- Proibição de manter qualquer contato com os investigados, ainda que de forma indireta, inclusive da esposa Helen Lesco, e de ingressar nas dependências da Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral do Estado, Gabinete de Comunicação, Gabinete de Desenvolvimento Regional, Gabinete de Estado de Assuntos Estratégicos, Gabinete de Governo, Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, e Governadoria, assim como Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Vice-Governadoria, Polícia Militar e estruturas do Comando Geral da Polícia Militar, assim como da Polícia Civil, assim como de manter contato com qualquer servidores destas unidades

- Proibição de se ausentar do município sem requerimento prévio ao ministro

- Entrega de passaporte

- Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga

- Afastamento da função pública de coronel da PM

João Ricardo Soler:

- Comparecimento quinzenal na 9ª Vara Federal de Cuiabá para informar e justificar suas atividades

- Proibição de manter qualquer contato com os investigados, ainda que de forma indireta, e de ingressar nas dependências da Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral do Estado, Gabinete de Comunicação, Gabinete de Desenvolvimento Regional, Gabinete de Estado de Assuntos Estratégicos, Gabinete de Governo, Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, e Governadoria, assim como Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Vice-Governadoria, Polícia Militar e estruturas do Comando Geral da Polícia Militar, assim como da Polícia Civil, assim como de manter contato com qualquer servidores destas unidades

- Proibição de se ausentar do município sem requerimento prévio ao ministro

- Entrega de passaporte

- Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga

- Afastamento da função pública de sargento da PM

Michel Ferronato:

- Comparecimento quinzenal na 9ª Vara Federal de Cuiabá para informar e justificar suas atividades;

- Proibição de manter qualquer contato com os investigados, ainda que de forma indireta, e de ingressar nas dependências da Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral do Estado, Gabinete de Comunicação, Gabinete de Desenvolvimento Regional, Gabinete de Estado de Assuntos Estratégicos, Gabinete de Governo, Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, e Governadoria, assim como Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Vice-Governadoria, Polícia Militar e estruturas do Comando Geral da Polícia Militar, assim como da Polícia Civil, assim como de manter contato com qualquer servidores destas unidades

- Proibição de se ausentar do município sem requerimento prévio ao ministro

- Entrega de passaporte

- Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga

- Afastamento da função pública de major da PM

Helen Christy Lesco:

- Comparecimento quinzenal na 9ª Vara Federal de Cuiabá para informar e justificar suas atividades;

- Proibição de manter qualquer contato com os investigados, ainda que de forma indireta, e de ingressar nas dependências da Casa Civil, Casa Militar, Controladoria-Geral do Estado, Gabinete de Comunicação, Gabinete de Desenvolvimento Regional, Gabinete de Estado de Assuntos Estratégicos, Gabinete de Governo, Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, e Governadoria, assim como Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Vice-Governadoria, Polícia Militar e estruturas do Comando Geral da Polícia Militar, assim como da Polícia Civil, assim como de manter contato com qualquer servidores destas unidades

- Proibição de se ausentar do município sem requerimento prévio ao ministro

- Entrega de passaporte

- Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga;


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2018
10.12.18 11h13 » Deixar de pagar férias antes do período gera pagamento em dobro
06.12.18 17h26 » Palácio Guanabara é da União, e não da família imperial, decide STJ
06.12.18 15h08 » TSE invalida votos de Fabris e Kardec fica com a vaga na AL
05.12.18 09h02 » TSE aprova contas da campanha de Bolsonaro com ressalvas
03.12.18 16h30 » Justiça comum é competente para julgar ações penais sobre bitcoins, decide STJ
Novembro de 2018
28.11.18 09h10 » STJ adia julgamento de processo mais antigo do país
24.11.18 09h03 » Ministro do STJ nega pedido de Lula que tentava reverter condenação
21.11.18 16h56 » Superior Tribunal de Justiça decide manter foro privilegiado de desembargadores
12.11.18 17h18 » STJ também solta executivo de MT que teria recebido propina
12.11.18 08h10 » STJ mandar soltar deputado eleito de MT acusado de esquema



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet