Artigos
  • RODRIGO MESQUITA
    A propaganda pela reforma contrapõe o "velho" ao "moderno", como se leis antigas se tornassem ruins pelo mero decurso do tempo
  • AUREMÁRCIO CARVALHO
    A delação passa a ser considerada como prova quando o delator incrimina um terceiro e prova suas afirmações
  • VICTOR MAIZMAN
    O certo é que não seria possível deixar qualquer autoridade imune de qualquer forma de controle quanto a seus atos
  • GISELE NASCIMENTO
    Parece-me apressada e inadequada, neste momento histórico, a pretendida implantação de recall presidencial
T. Superiores / TRATAMENTO IGUAL

Tamanho do texto A- A+
10.01.2017 | 14h44
Corréu na mesma situação que beneficiado por HC também deve obter benefício
Entendimento é da ministra Laurita Vaz, presidente do STJ
Divulgação
Ministra concedeu liminar em HC para suspender ação movida contra secretária de frigorífico por suposta participação em esquema
DO CONSULTOR JURÍDICO

Corréus na mesma situação devem ser tratados iguais e, se para um é concedido Habeas Corpus, o outro também deve se beneficiar da medida. Com esse entendimento, a presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministra Laurita Vaz, concedeu liminar em HC para suspender ação penal movida contra a secretária de um frigorífico por suposta participação em esquema de fraude envolvendo emissão de notas fiscais na cidade de São José do Rio Preto (SP).

A secretária e outras duas pessoas foram denunciadas perante a 3ª Vara Federal de São José do Rio Preto por, supostamente, integrarem organização criminosa liderada pela empresa distribuidora de carnes, que seria especializada em emitir notas fiscais fraudadas.

No Habeas Corpus impetrado no STJ, a defesa da secretária requereu a extensão dos efeitos de decisão proferida no Recurso Especial 1.401.857, de relatoria do ministro Felix Fischer, que trancou a ação penal contra as duas outras pessoas.

“Observada a identidade fático-processual entre as situações de corréus, e não existindo qualquer circunstância de caráter exclusivamente pessoal que justifique diferenciação, impõe-se a extensão do benefício concedido”, justificou a ministra. A suspensão do trâmite da ação vale até o julgamento do mérito do HC pela 5ª Turma do STJ.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Junho de 2017
17.06.17 08h35 » STJ manda julgar empresária acusada de matar irmãos
13.06.17 08h30 » STJ anula condenação transitada em julgado contra PM de MT
12.06.17 08h28 » Ministro do STJ manda bloquear R$ 800 mil de Riva
Maio de 2017
24.05.17 09h06 » Coaf pode passar informações ao MP que não violem sigilo financeiro
09.05.17 17h41 » STJ autoriza transexuais a mudar gênero no registro civil
05.05.17 09h01 » STJ rebate jornal após notícia de que delação envolveria ministros
03.05.17 14h19 » STJ mantém bloqueio de contas de Riva em até R$ 1,9 milhão
Abril de 2017
20.04.17 15h31 » STJ homologa sentença da Justiça irlandesa contra a Vasp
12.04.17 09h06 » Fischer nega pedido de produção de provas contra Lula
11.04.17 10h58 » Mantida nula absolvição assassino de ex-secretário



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet