Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    O Judiciário dará solução imediata ao cidadão ou à pessoa jurídica, quando houver ameaça à violação de direito
  • EDUARDO MAHON
    Há nomes que merecem permanecer na memória da Cultura de Mato Grosso; já outros...
T. Superiores / EXECUÇÃO

Tamanho do texto A- A+
09.12.2016 | 15h29
Preso em 2ª instância é solto porque processo ainda não foi encerrado
A decisão monocrática é do ministro do STJ Reynaldo da Fonseca
Reprodução
Ministro concedeu liberdade a paciente preso antes da condenação
DO MIGALHAS

O ministro Reynaldo da Fonseca, da 5ª turma do STJ, concedeu liberdade a paciente que alegou ilegal determinação de expedição de mandado de prisão antes do trânsito em julgado da condenação.

Apesar do recente entendimento do STF acerca da execução provisória da pena, o ministro considerou que, no caso, a jurisdição das instâncias ordinárias ainda não se encerrou, mesmo “eventuais recursos especial e extraordinário não serem dotados de efeito suspensivo”. Foram opostos embargos de declaração.

“Tendo em vista a irreversibilidade de eventual cumprimento antecipado da pena e com o escopo de preservar e proteger os direitos/garantias fundamentais do jurisdicionado, o pedido liminar merece ser deferido para que o paciente aguarde em liberdade a entrega da jurisdição pelo segundo grau.”

 

Assim, deferiu o pedido liminar para determinar que o paciente aguarde em liberdade o julgamento do mérito do HC.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2017
17.11.17 16h31 » STJ confirma condenação de Bolsonaro por dizer que não estupraria deputada
15.11.17 14h33 » PF acha drogas, garrucha e munições em endereços de deputados
14.11.17 14h22 » STJ acolhe pedido de servidor e suspende pagamentos de fiança
09.11.17 16h47 » Saldo não pode ser penhorado para pagamento de honorários
01.11.17 15h13 » STJ nega mais um Habeas Corpus aos irmãos Batista
01.11.17 14h57 » Ministro proíbe ex-Casa Militar de manter contato com esposa
01.11.17 10h58 » Ministro nega liberdade a jovem acusado de crimes sexuais e extorsão
Outubro de 2017
31.10.17 16h31 » Ministro revoga prisão e permite que major concorra à promoção
31.10.17 14h51 » STJ suspende recursos em casos de violência contra mulher
27.10.17 15h35 » STJ nega recurso, e Sérgio Cabral será transferido para MS



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet