Artigos
  • THAYSON HENRIQUE MOTA
    Tribunais inferiores continuavam a proferir decisões pela formação de grupo econômico sustentando o poder de comando em face da mera identidade de sócios
  • RODRIGO CARVALHO
    Não cabe a nenhum órgão de controle interno ou externo e ao Judiciário criar limites à função do procurador
  • RENATO NERY
    Quanta gente não se embriagou com milionários cargos públicos supridos pela desenfreada corrupção?
  • VICTOR MAIZMAN
    A Constituição impõe que no tocante ao ICMS, quanto mais essencial for o produto ou serviço, menor deve ser a alíquota
J. Eleitoral / TRÊS DIAS

Tamanho do texto A- A+
22.11.2016 | 17h59
TRE dá "folga" a juízes para campeonato de futebol no Piauí
Solicitação foi feita pelo presidente da Amam José Arimatéa; Campeonato deve ocorrer de 30 de novembro a 4 de dezembro
Marcus Mesquita/MidiaNews
A desembargadora Maria Helena Póvoas, relatora da decisão
ANA FLÁVIA CORRÊA
DA REDAÇÃO

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) autorizou o afastamento de quatro juízes para participação do XXXIV Campeonato de Futebol Nacional da Categoria Livre, que acontecerá entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro, em Teresina, no Piauí.

A decisão unânime foi proferida nesta terça-feira, 22, em sessão presidida pela desembargadora Maria Helena Póvoas, e atendeu ao pedido do presidente da Associação Mato-Grossense de Magistrados (Amam), José Arimatéa.

O campeonato em questão faz parte dos Jogos Nacionais da Magistratura, organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). O evento também conta com esportes como basquete e tênis. 

Reprodução

jose arimatea 2016

O presidente da Amam, José Arimatéa

Segundo o processo, serão afastados os juízes Michell Lotfi Rocha da Silva, da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças; Francisco Rogério Barros, da 2ª Zona Eleitoral de Rondonópolis; João Filho de Almeida Portela, da 13ª Zona Eleitoral de Barra do Bugres e Walter Tomaz da Costa, da 23ª Zona Eleitoral de Colíder. 

“Para atender aos interesses da Amam eu estou deferindo estes afastamentos, por se tratar de afastamento de um curto período de tempo e que não irá prejudicar as suas funções como juízes eleitorais”, afirmou a desembargadora. 

“O tribunal por unanimidade deferiu, em caráter excepcional, o afastamento dos juízes”, concluiu.

Os magistrados não irão receber pelos dias afastados e terão que arcar com as despesas pela participação no evento, segundo informou a assessoria do TRE-MT.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Outubro de 2017
11.10.17 17h22 » MP Eleitoral emite parecer pela cassação de vereador de Cuiabá
10.10.17 17h43 » Juiz nega pedido e mantém cassação da prefeita Lucimar em VG
03.10.17 17h35 » Justiça cassa, pela segunda vez, o mandato da prefeita Lucimar
02.10.17 15h41 » Juiz cassa e anula votos de dois vereadores do PSC em Cuiabá
Setembro de 2017
29.09.17 14h35 » Juiz Antônio Pejeja Júnior é eleito para o TRE em Mato Grosso
13.09.17 16h35 » Prefeito é cassado por pagar horas extras ilegalmente a servidores
13.09.17 15h51 » Juiz cassa mandato de vereador de Cuiabá e deixa 10 inelegíveis
Agosto de 2017
24.08.17 11h35 » Juiz anula votos de cinco e composição da Câmara pode mudar
24.08.17 11h27 » Juiz rejeita acusação de compra de votos em campanha de WS
23.08.17 18h05 » Juiz rejeita recurso e mantém cassação de vereador em Cuiabá



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet