Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato
J. Eleitoral / TRÊS DIAS

Tamanho do texto A- A+
22.11.2016 | 17h59
TRE dá "folga" a juízes para campeonato de futebol no Piauí
Solicitação foi feita pelo presidente da Amam José Arimatéa; Campeonato deve ocorrer de 30 de novembro a 4 de dezembro
Marcus Mesquita/MidiaNews
A desembargadora Maria Helena Póvoas, relatora da decisão
ANA FLÁVIA CORRÊA
DA REDAÇÃO

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) autorizou o afastamento de quatro juízes para participação do XXXIV Campeonato de Futebol Nacional da Categoria Livre, que acontecerá entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro, em Teresina, no Piauí.

A decisão unânime foi proferida nesta terça-feira, 22, em sessão presidida pela desembargadora Maria Helena Póvoas, e atendeu ao pedido do presidente da Associação Mato-Grossense de Magistrados (Amam), José Arimatéa.

O campeonato em questão faz parte dos Jogos Nacionais da Magistratura, organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). O evento também conta com esportes como basquete e tênis. 

Reprodução

jose arimatea 2016

O presidente da Amam, José Arimatéa

Segundo o processo, serão afastados os juízes Michell Lotfi Rocha da Silva, da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças; Francisco Rogério Barros, da 2ª Zona Eleitoral de Rondonópolis; João Filho de Almeida Portela, da 13ª Zona Eleitoral de Barra do Bugres e Walter Tomaz da Costa, da 23ª Zona Eleitoral de Colíder. 

“Para atender aos interesses da Amam eu estou deferindo estes afastamentos, por se tratar de afastamento de um curto período de tempo e que não irá prejudicar as suas funções como juízes eleitorais”, afirmou a desembargadora. 

“O tribunal por unanimidade deferiu, em caráter excepcional, o afastamento dos juízes”, concluiu.

Os magistrados não irão receber pelos dias afastados e terão que arcar com as despesas pela participação no evento, segundo informou a assessoria do TRE-MT.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2017
05.12.17 08h50 » Juiz nega pedido liminar de Botelho para deixar PSB de Valtenir
Novembro de 2017
23.11.17 08h15 » Ex-prefeito detalha “bruxaria” de adversária e é absolvido em ação
21.11.17 10h51 » TRE emite alerta sobre notícias de falsa multa de R$ 150
13.11.17 16h36 » Desembargador manda apurar suspeita de assédio sexual no TRE
07.11.17 16h57 » PRE/MT é favorável à manutenção da sentença que cassou Lucimar
06.11.17 09h54 » TSE deve julgar Lula e Bolsonaro por propaganda eleitoral antecipada
Outubro de 2017
31.10.17 16h21 » Juiz nega recurso e mantém a cassação de dois vereadores
11.10.17 17h22 » MP Eleitoral emite parecer pela cassação de vereador de Cuiabá
10.10.17 17h43 » Juiz nega pedido e mantém cassação da prefeita Lucimar em VG
03.10.17 17h35 » Justiça cassa, pela segunda vez, o mandato da prefeita Lucimar



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet