Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    A estrutura constitucional impõe que os aludidos Poderes são independentes e harmônicos entre si
  • VILSON NERY
    Os habitantes de Patópolis tiraram Dilma, porém se conformam com Temer
  • JOAQUIM SPADONI
    Os salários que são pagos com nosso dinheiro devem ter critérios claros, pautados e limitados em Lei
J. Federal / PODER JUDICIÁRIO

Tamanho do texto A- A+
28.10.2016 | 16h51
Tribunal rejeita pedido da defesa de Lula de suspeição do juiz Moro
A exceção de suspeição foi julgada ontem (26) e indeferida
Reprodução
O ex-presidente Lula e o juiz Sérgio Moro
DA AG BRASIL

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), , com sede em Porto Alegre, rejeitou a alegação da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o juiz federal Sérgio Moro seria suspeito para seguir julgando os processos da Operação Lava Jato. A exceção de suspeição foi julgada ontem (26) e indeferida.

A defesa de Lula havia argumentado que Moro ordenou conduções coercitivas e interceptações telefônicas ilegais, além de ter levantado ilegalmente o sigilo profissional dos advogados do petista ao grampear seus telefones.

Para o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do caso, "a simples verificação dos pressupostos necessários à instauração de medidas cautelares não permite dizer que o julgador seja suspeito ou esteja impedido de continuar na lide". Para ele, a atuação de Moro está restrita ao cotidiano jurisdicional.

Quanto aos grampos telefônicos dos advogados do ex-presidente, Gebran afirmou que o terminal estava registrado em nome da empresa Lils Palestras, pertencente à Lula, e não de um escritório de advocacia.

A defesa do petista tentou invalidar a decisão do TRF4 por apontar o próprio desembargador Gebran como suspeito, por ter relacionamento pessoal com o juiz Moro. O recurso, no entanto, foi rejeitado pelo desembargador federal Victor Luiz dos Santos Laus.

Fonte:

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-10/tribunal-rejeita-pedido-da-defesa-de-lula-por-suspeicao-moro


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Agosto de 2017
17.08.17 11h13 » Juiz pode proibir advogados de usar celular em audiência, decide TRF-4
14.08.17 17h40 » Justiça condena 3 acusados de fraude em obra de R$ 3 mi em MT
12.08.17 16h50 » Eder: acusação de Silval é "falsa, irresponsável e equivocada"
11.08.17 16h15 » Justiça investiga morador de MT que ofendeu Moro na internet
10.08.17 08h55 » Juiz federal cita risco de “comparsas” de Silval destruírem provas
03.08.17 11h52 » Diferenciar preços para homens e mulheres não é abusivo, decide juiz de SP
03.08.17 09h40 » TRF manda liberar todo o patrimônio do ex-bicheiro João Arcanjo
03.08.17 09h33 » Ex-sócio da JBS é condenado à prisão por escravizar 21 em MT
Julho de 2017
20.07.17 08h03 » Ex-deputado vira réu acusado de nomear a própria doméstica
18.07.17 17h38 » Moro nega embargos de Lula e diz que notícia sobre triplex é prova



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet