Artigos
  • LUIZ HENRIQUE LIMA
    Órgão é essencial para a democracia e melhor desempenho da administração pública
  • LUIZ GONÇALO DA SILVA
    Só agora se vê a efetiva possibilidade de uma compensação financeira
  • RENATO GOMES NERY
    Temos um presidente cercado de militares que namora com o autoritarismo
J. Estadual / IMPROBIDADE

Tamanho do texto A- A+
18.05.2018 | 17h38
Justiça afasta PMs que fizeram sexo com jovens em viatura
Segundo as investigações, um dos policiais teria feito ameaça a vítima após depoimento
Alair Ribeiro/MidiaNews
Os policiais ofereceram carona para as jovens em uma viatura da PM
DA REDAÇÃO

A Justiça acolheu pedido liminar feito pelo Ministério Público Estadual e determinou o afastamento cautelar de dois policiais militares que atuam no Município de Colniza (1.114 Km de Cuiabá).

Os dois policiais respondem a ação civil pública por ato de improbidade administrativa após trafegarem em uma viatura caracterizada da PM e oferecerem carona a duas adolescentes. Eles teriam oferecido bebida alcoólica às garotas e ainda mantiveram relação sexual com elas.

No pedido de afastamento das funções, o MPE argumenta que os policiais podem interferir diretamente na instrução processual.

Mídias anexadas aos autos demonstram um dos réus fazendo ameaça velada à vítima após depoimento prestado ao promotor de Justiça do Município.

“É possível dessumir do inquérito civil que os réus se aproveitaram da função pública para seduzir as adolescentes, eis que se utilizaram de uma viatura da Polícia Militar para dar carona, estavam fardados e em horário de serviço. Tal conduta se enquadra, em tese, aos atos de improbidade administrativa”,  consta na decisão judicial.

De acordo com o MPE, as condutas praticadas pelos policiais também caracterizam crimes militares, que são de competência da Vara Militar de Cuiabá, onde os acusados deverão responder criminalmente.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Janeiro de 2019
22.01.19 14h34 » Justiça revoga medidas cautelares de investigado em operação
21.01.19 15h40 » Deputado eleito entra com ação pedindo voto aberto para a Mesa
18.01.19 17h15 » Justiça bloqueia R$ 4 mi de construtora por asfalto de "péssima qualidade"
18.01.19 13h45 » Endividada, Geosolo tem pedido de recuperação aceito na Justiça
17.01.19 17h36 » Tribunal nomeia juíza para Vara em que atuou Selma Arruda
16.01.19 15h10 » Temendo contaminação, juiz realiza audiências em sala protegida
16.01.19 14h47 » Ex-presidente da Câmara continua substituindo o prefeito, decide TJ
14.01.19 17h48 » TJ manda banco indenizar cliente por desconto indevido na folha
11.01.19 17h59 » Com mudança de Governo, TJ manda soltar ex-diretor da Sema
10.01.19 17h02 » Sem foro, ex-Sema responderá a ação na 1ª instância da Justiça



Copyright © 2019 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet