Artigos
  • RITA DE CASSIA BUENO
    Vale ressaltar que a prisão não extingue o débito alimentar, não isentando o devedor de pagar os valores vencidos e vincendos
J. Estadual / CASO OLVEPAR

Tamanho do texto A- A+
06.02.2018 | 13h25
Falência de empresa é concluída; dívidas somam R$ 551 milhões
Processo durou 17 anos; é o mais complexo e maior falência empresarial do Estado
Reprodução
A juíza Anglizey Solivan de Oliveira(detalhe)
DIEGO FREDERICI
FOLHAMAX

A síndica do processo de falência da Olvepar Indústria e Comércio apresentou na última quinta-feira o quadro de credores, que é um passo importante para aqueles que ainda possuem dívidas com a empresa, que até 2002 possuia uma fábrica esmagadora de soja além de 9 armazéns espalhados em Mato Grosso. Os débitos débitos da empresa somam R$ 551.327.313,96 milhões.

A juíza Anglizey Solivan de Oliveira homologou a lista dos valores apresentados após um trabalho de reorganização do processo de falência. A decretação da falência ocorreu em 2002, porém, o processo já se arrasta na justiça há 17 anos.

Segundo os advogados que atuam no processo, com a consolidação do quadro geral de credores, a esperança é que a ação possa ser concluída. “Com a consolidação do Quadro Geral de Credores, após o julgamento de eventuais impugnações, conclui-se importante etapa do processo, com o fim de encaminhar ao encerramento da falência, que se arrasta há mais de 17 anos desde o ajuizamento do pedido de concordata preventiva”, diz o documento.

A falência da Olvepar é conhecida como a “maior” e mais “complexa” em Mato Grosso. A empresa foi considerada falida pela Justiça em agosto de 2002 por não ter honrado compromissos firmados em seu pedido de concordata, no ano 2000, que estabelecia o pagamento de 75% de sua dívida, mais juros de 12% ao mês e correção monetária, num período de 12 meses.

Na época, a dívida da empresa era de R$ 225,2 milhões. Apesar da conclusão da perícia, os credores ainda podem solicitar impungações.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Agosto de 2018
17.08.18 17h14 » TJ determina expulsão de capitão da PM condenado por estupro
17.08.18 17h03 » Juiz acata denúncia e tenente-coronel vira réu por assédio a PMs
17.08.18 16h38 » TJMT lança concurso para juiz; inscrições começam na segunda
16.08.18 17h28 » Juíza determina perícia em áudios de processo contra ex-GCom
16.08.18 17h02 » Prefeitura terá que indenizar pais de jovem morto por conselheiro
16.08.18 16h41 » Juíza decreta preventiva de suspeito de matar a esposa em MT
16.08.18 14h22 » Defesa de cabo alega fadiga e pede novo interrogatório à Justiça
15.08.18 18h53 » TJ manda soltar ex-servidor acusado de ameaçar ex-secretário
15.08.18 17h23 » TJ mantém condenação de PM por comércio ilegal de armas
14.08.18 09h21 » João Emanuel é condenado em esquema para soltar traficantes



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet