Artigos
  • GONÇALO ANTUNES DE BARROS
    Sabemos que há individualidade por haver uma historicidade vivida por cada qual
J. Estadual / ÁUDIOS NO “WHATS”; OUÇA

Tamanho do texto A- A+
30.01.2018 | 16h11
Justiça marca audiência de queixa-crime de Riva contra colunista
Ex-deputado processou Kharina Nogueira por divulgação de conversa privada contendo xingamentos
Alair Ribeiro/MidiaNews/Montagem
José Riva e Kharina Nogueira: briga judicial por conta de vazamento de conversa
LUCAS RODRIGUES
DA REDAÇÃO

O juiz Wladys Roberto do Amaral, da 10ª Vara Criminal de Cuiabá, marcou para o dia 2 de maio, às 15h, a audiência para a tentativa de conciliação na queixa-crime movida pelo ex-deputado José Riva contra a colunista social Kharina Nogueira.

A decisão foi publicada na segunda-feira (29).

Riva acusa Kharina de calúnia e injúria por conta da divulgação de uma conversa mantida entre ele e a colunista no aplicativo WhatsApp.

No diálogo, Kharina pede ajuda financeira a Riva em razão de, segundo ela, o ex-deputado ter prejudicado a sua vida por conta de crimes cometidos por ele com seu ex-marido, o empresário Júnior Mendonça.

A colunista foi a responsável pelo depoimento que originou a Operação Ararath, que desbaratou um esquema gigantesco de corrupção, lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro nacional.

O senhor ajudou o meu ex lá a acabar com a minha vida, agora o senhor vai me ajudar a sair dessa

Júnior Mendonça acabou delatando o esquema e acusou Riva de ser um dos principais operadores e beneficiários dos crimes.

“Sou a única testemunha viva do Junior Mendonça e da facção que está por trás dele. Eu preciso falar com o senhor e é urgente, tá? Eu preciso falar com o senhor mesmo, porque aquele dia o senhor acabou falando uma coisa e não é bem assim. E o senhor vai ter que me ajudar. O senhor ajudou o meu ex lá a acabar com a minha vida, agora o senhor vai me ajudar a sair dessa”, disse Kharina, no áudio endereçado a Riva.

Na conversa vazada pela colunista, também consta o áudio em que Riva responde ao pedido, ocasião em que rejeita ajudar Kharina e ainda a manda “ir trabalhar”.

“Boa tarde Kharina. Em primeiro lugar, eu nunca ajudei o seu esposo em nada. Se tem alguém que ferrou alguém, foi seu esposo que ferrou a mim, aquele vagabundo. Segundo lugar Kharina, eu mal te conhecia, eu fui te conhecer depois desse rolo todo. Se tem alguém que não tem condição de ajudar ninguém, esse alguém sou eu. Você é forte, tem saúde, é só levantar a cabeça e ir trabalhar. Você me desculpa, mas eu não vejo outro saída para você. Com todo o respeito, você tem muito mais gente chegada sua pra te ajudar do que eu. Eu não tenho história nenhuma com você, pelo contrário. Então você me desculpa, eu torço por você, me solidarizo com a sua situação, mas infelizmente não posso fazer nada, tá?”.

Você é forte, tem saúde, é só levantar a cabeça e ir trabalhar

Em resposta, a colunista mandou Riva “tomar vergonha cara”.

“Eu quero que você tenha o brio de falar comigo na minha cara, Riva, e falar tudo isso que você falou agora, mas com plateia. Eu quero que você tenha o brio, porque você vai escutar coisa que você não imagina”.

“Eu não tenho medo de você nem de ninguém, tá, e eu quero falar com você e você toma vergonha na sua cara se retrate contra mim, tá? Tire as suas empresas de laranja, se vira, se vira, você tomou tudo o que eu tinha direito, cara, qual que é?”, criticou Kharina. 

Ouça alguns dos áudios vazados:


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2018
13.11.18 16h58 » Romoaldo nega acusação e diz que servidora estava de licença
13.11.18 16h49 » Ex-prefeito é condenado por desvio de R$ 480 mil em previdência
13.11.18 16h10 » Juiz condena ex-secretário e mais 12 por fraude de R$ 44 milhões
12.11.18 11h33 » TJ bloqueia 30% do salário de Pátio para pagar dívida com Botelho
12.11.18 11h25 » Ex-secretário tem delação homologada e devolverá R$ 1,5 mi
09.11.18 15h02 » Juiz absolve empresário acusado de estuprar e explorar menores
09.11.18 14h55 » Homem que matou esposa com 6 facadas em Cuiabá é condenado
08.11.18 17h02 » Juiz suspende licitação do Governo avaliada em cerca de R$ 300 mi
08.11.18 16h59 » Deputado lembra absolvição de 2 réus e pede prescrição
07.11.18 18h12 » Justiça cita "risco de fuga" e proíbe viagem de procurador ao RJ



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet