Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado
J. Estadual / EXECUÇÃO EM CUIABÁ

Tamanho do texto A- A+
14.11.2017 | 18h08
Juiz decreta prisão de suspeito de mandar matar personal trainer
Guilherme Dias de Miranda não foi localizado pela Polícia Civil e é considerado foragido da Justiça
Divulgação
Foto do suspeito do crime Guilherme Dias de Miranda (no detalhe), divulgada pela Polícia Civil
THAIZA ASSUNÇÃO
DA REDAÇÃO

O juiz Flávio Miraglia, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá, decretou a prisão temporária do suspeito de ser o mandante do assassinato do personal trainer Danilo Nascimento de Souza Campos, de 28 anos.

O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (8), no Bairro Goiabeiras, em Cuiabá. Danilo era filho do vereador de Várzea Grande, Nilo Campos (DEM). 

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito, identificado Guilherme Dias de Miranda, é marido de uma aluna do personal. 

Há suspeita é de que ele tenha contratado dois homens para matar a vítima por ciúmes. Os acusados de executar o crime ainda não foram identificados.

Ainda conforme a Polícia Civil, investigadores foram até casa do acusado, no Condominio Rubi, na Avenida Mário Andreazza, em Várzea Grande, mas não o localizaram.

Reprodução

Personal

O personal trainer Danilo Campos, que foi assassinado em Cuiabá

Conforme os registros do condomínio, ele saiu de casa às 10h47 desta terça e não retornou mais. Guilherme é considerado foragido da Justiça.

Além da ordem de prisão, a Justiça ainda determinou a busca e apreensão do telefone celular da esposa de Guilherme.

A delegada Alana Cardoso, que coordena a equipe de buscas, informou que a casa foi encontrada vazia e com aparência de que os ocupantes a tenham abandonado recentemente.

Durante a permanência dos policiais no imóvel, a esposa de Guilherme chegou e apresentou o celular.

O crime

Conforme consta no boletim de ocorrência elaborado pela Polícia Militar, o homicídio aconteceu por volta das 21h30 da quarta-feira (8), próximo à uma distribuidora de bebidas.

Testemunhas relataram que dois homens em uma motocicleta se aproximaram da vítima, que estava perto de seu carro, um Honda Civic, e atiraram contra ele.

Foram ouvidos pelo menos cinco disparos. Em seguida os assassinos fugiram em alta velocidade.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado. No entanto, segundo o BO, o médico apenas constatou a morte.

Leia mais: 

Filho de vereador, personal trainer é executado a tiros em Cuiabá

“Eu quero ver esses assassinos na cadeia”, afirma pai de personal


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2018
20.07.18 15h32 » Estado terá que indenizar mãe de garoto morto pela PM em Cuiabá
20.07.18 11h03 » Juiz retoma ação e marca audiência para definir oficiais julgadores
20.07.18 09h57 » Vara recebe denúncia e Arcanjo terá que se explicar em audiência
19.07.18 14h49 » Zuquim veta vistoria de procuradores da AL em cela de Savi
19.07.18 14h44 » Justiça condena PMs flagrados recebendo propina de motorista
18.07.18 16h54 » Testemunha: acusado pelo assassinato teria ligação com facção
17.07.18 17h04 » TJ acata recurso do Estado e mantém suspensão de contrato
17.07.18 11h01 » Após retratação, Fagundes abandona queixa e TJ arquiva ação
17.07.18 10h52 » Juiz decreta recuperação judicial de grupo com R$ 48 mi em dívidas
16.07.18 16h37 » Ministra nega soltar ex-servidor acusado de ameaçar ex-secretário



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet