Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    Barroso e Marco Aurélio repugnam ato de Toffoli. Há duas iniciativas contra esse absurdo chamado foro privilegiado
  • RENATO GOMES NERY
    Parece que estamos fadados ao cruel destino de continuar a conviver com edificações malfeitas!
J. Estadual / DISPUTA NA FMF

Tamanho do texto A- A+
14.04.2017 | 16h27
Juíza nega anular eleição e confirma Aron como presidente
Adversário alegou em ação que empresário não poderia assumir o cargo
Marcus Mesquita/MidiaNews
O empresário Aron Dresch, que irá comandar a Federação Mato-grossense de Futebol
DA REDAÇÃO

A juíza Tatiane Colombo, da 6ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá, negou pedido do atual presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), João Carlos Oliveira Santos, que pretendia anular as eleições da nova diretoria da entidade, realizada no dia 16 de março.

Com isso, fica mantida a vitória do presidente licenciado do Cuiabá Esporte Clube, Aron Dresch.

Na ação, João Carlos Oliveira alegou que Dresch não poderia assumir o cargo porque teve sua chapa impugnada pela Comissão Eleitoral da FMF.

Segundo o documento, a chapa do empresário teria cinco assinaturas inválidas, o que faria com que ele não possuísse o número de assinaturas suficientes para o registro.

A votação, no entanto, foi realizada após uma assembleia-geral realizada na dia da eleição. Isto porque o estatuto da Federação prevê que uma decisão tomada em assembleia-geral é soberana em relação a qualquer outra.

A magistrada entendeu que não houve vícios na forma como foram tomadas as decisões da Assembleia Geral Eletiva, em razão dos julgamentos administrativos que foram realizados na ocasião do pleito.
 
“A Assembleia Geral possuía competência suficiente para reformar a decisão da Comissão Eleitoral, razão pela qual não vislumbro nulidade de que a Assembleia Geral não poderia analisar o pedido”, disse a juíza Tatiane.


Aron Dresch, que encabeçou a chapa “Renovação”, recebeu 22 votos, enquanto que João Carlos Oliveira recebeu somente 15 votos
 
“Mais uma vez a Justiça comprovou que a eleição foi pautada sobre a idoneidade, a legalidade jurídica e respeito aos associados da FMF e cada atleta, presidente de clube ou torcedor deste Estado”, afirmou Joaquim Spadoni, assessor jurídico de Aron Dresch.

Leia mais:

Aron Dresch vence disputa e é o novo presidente da Federação


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Fevereiro de 2018
22.02.18 16h31 » Diretor da EIG tentou acessar inquérito após delação; STF negou
21.02.18 17h20 » Juiz atende pedido e afasta vereador que tentou cassar prefeito
21.02.18 17h03 » CPI do Paletó pode ter acareação entre delator e ex-secretário
21.02.18 16h48 » Juíza adita delação e manda retirar tornozeleira de ex-secretário
21.02.18 14h30 » Zanatta nega obstrução e diz que gravou Sílvio para se resguardar
21.02.18 10h02 » TJ mantém sentença que assegura segurança privada em policlínicas
21.02.18 09h59 » Alvo do Gaeco, empresa depositou R$ 4,2 milhões para consultor
20.02.18 17h48 » Eder cita “espetáculo midiático” e diz que vai acionar promotores
20.02.18 15h29 » Alvos de operação, advogado e irmão movimentaram R$ 4 milhões
20.02.18 15h13 » Sargento chora e nega grampos: "Eu dava o sangue pelo Gaeco"



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet