Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Compete aos municípios instituir o tributo nos termos de uma Lei Complementar editada pelo Congresso Nacional
  • GISELE NASCIMENTO
    Qual terá sido o mais vultoso escândalo de desvio de recursos públicos no Brasil? Alguns dirão que foi o Mensalão
J. Estadual / DISPUTA NA FMF

Tamanho do texto A- A+
14.04.2017 | 16h27
Juíza nega anular eleição e confirma Aron como presidente
Adversário alegou em ação que empresário não poderia assumir o cargo
Marcus Mesquita/MidiaNews
O empresário Aron Dresch, que irá comandar a Federação Mato-grossense de Futebol
DA REDAÇÃO

A juíza Tatiane Colombo, da 6ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá, negou pedido do atual presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), João Carlos Oliveira Santos, que pretendia anular as eleições da nova diretoria da entidade, realizada no dia 16 de março.

Com isso, fica mantida a vitória do presidente licenciado do Cuiabá Esporte Clube, Aron Dresch.

Na ação, João Carlos Oliveira alegou que Dresch não poderia assumir o cargo porque teve sua chapa impugnada pela Comissão Eleitoral da FMF.

Segundo o documento, a chapa do empresário teria cinco assinaturas inválidas, o que faria com que ele não possuísse o número de assinaturas suficientes para o registro.

A votação, no entanto, foi realizada após uma assembleia-geral realizada na dia da eleição. Isto porque o estatuto da Federação prevê que uma decisão tomada em assembleia-geral é soberana em relação a qualquer outra.

A magistrada entendeu que não houve vícios na forma como foram tomadas as decisões da Assembleia Geral Eletiva, em razão dos julgamentos administrativos que foram realizados na ocasião do pleito.
 
“A Assembleia Geral possuía competência suficiente para reformar a decisão da Comissão Eleitoral, razão pela qual não vislumbro nulidade de que a Assembleia Geral não poderia analisar o pedido”, disse a juíza Tatiane.


Aron Dresch, que encabeçou a chapa “Renovação”, recebeu 22 votos, enquanto que João Carlos Oliveira recebeu somente 15 votos
 
“Mais uma vez a Justiça comprovou que a eleição foi pautada sobre a idoneidade, a legalidade jurídica e respeito aos associados da FMF e cada atleta, presidente de clube ou torcedor deste Estado”, afirmou Joaquim Spadoni, assessor jurídico de Aron Dresch.

Leia mais:

Aron Dresch vence disputa e é o novo presidente da Federação


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Julho de 2017
24.07.17 17h45 » Nadaf pede desculpas a Silval: “Estou tão envergonhado”; veja
24.07.17 16h30 » Ex-assessor: "Eu recebia ordens de Silval; tinha ele como um pai”
24.07.17 16h20 » Silval mostra carta em que Nadaf se desculpa e pede dinheiro
24.07.17 11h35 » TJ nega pedido de bancos e mantém recuperação do Grupo Bipar
23.07.17 10h00 » Perri contesta investigação e cita que não há indícios contra coronel
21.07.17 15h21 » Braço-direito de Silval diz que assinou ofício para viabilizar propina
21.07.17 14h05 » Alan se cala e juíza diz que ele "parece não merecer" benefício
21.07.17 09h52 » TJ manda soltar delegado condenado por montar farsa sobre assassinato
21.07.17 09h51 » TJ mantém preso servidor acusado de liderar esquema da Faespe
21.07.17 08h07 » Família de detento que foi morto em presídio receberá R$ 100 mil



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet