Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    O Judiciário dará solução imediata ao cidadão ou à pessoa jurídica, quando houver ameaça à violação de direito
  • EDUARDO MAHON
    Há nomes que merecem permanecer na memória da Cultura de Mato Grosso; já outros...
J. Estadual / DISPUTA NA FMF

Tamanho do texto A- A+
14.04.2017 | 16h27
Juíza nega anular eleição e confirma Aron como presidente
Adversário alegou em ação que empresário não poderia assumir o cargo
Marcus Mesquita/MidiaNews
O empresário Aron Dresch, que irá comandar a Federação Mato-grossense de Futebol
DA REDAÇÃO

A juíza Tatiane Colombo, da 6ª Vara Cível da Comarca de Cuiabá, negou pedido do atual presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), João Carlos Oliveira Santos, que pretendia anular as eleições da nova diretoria da entidade, realizada no dia 16 de março.

Com isso, fica mantida a vitória do presidente licenciado do Cuiabá Esporte Clube, Aron Dresch.

Na ação, João Carlos Oliveira alegou que Dresch não poderia assumir o cargo porque teve sua chapa impugnada pela Comissão Eleitoral da FMF.

Segundo o documento, a chapa do empresário teria cinco assinaturas inválidas, o que faria com que ele não possuísse o número de assinaturas suficientes para o registro.

A votação, no entanto, foi realizada após uma assembleia-geral realizada na dia da eleição. Isto porque o estatuto da Federação prevê que uma decisão tomada em assembleia-geral é soberana em relação a qualquer outra.

A magistrada entendeu que não houve vícios na forma como foram tomadas as decisões da Assembleia Geral Eletiva, em razão dos julgamentos administrativos que foram realizados na ocasião do pleito.
 
“A Assembleia Geral possuía competência suficiente para reformar a decisão da Comissão Eleitoral, razão pela qual não vislumbro nulidade de que a Assembleia Geral não poderia analisar o pedido”, disse a juíza Tatiane.


Aron Dresch, que encabeçou a chapa “Renovação”, recebeu 22 votos, enquanto que João Carlos Oliveira recebeu somente 15 votos
 
“Mais uma vez a Justiça comprovou que a eleição foi pautada sobre a idoneidade, a legalidade jurídica e respeito aos associados da FMF e cada atleta, presidente de clube ou torcedor deste Estado”, afirmou Joaquim Spadoni, assessor jurídico de Aron Dresch.

Leia mais:

Aron Dresch vence disputa e é o novo presidente da Federação


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Novembro de 2017
20.11.17 16h00 » Juíza condena dupla que roubou e esfaqueou designer de joias
18.11.17 15h23 » Apartamento de Nadaf avaliado em R$ 470 mil vai a leilão no Fórum
17.11.17 17h45 » Adjunta nega acusação e diz que deixou carro na sede do PDT
17.11.17 16h58 » TJ nega recurso do Estado e mantém reposição de 11% a policiais
17.11.17 16h47 » Juiz condena quatro ex-servidores da Sefaz a seis anos de prisão
17.11.17 15h59 » Adjunta da Casa Civil é intimada a devolver Mitsubishi ao PDT
16.11.17 17h39 » TJ nega pedido do MPE para afastar prefeita de Juara e deputado
16.11.17 17h26 » Tribunal nega liminar para obrigar Taques a aposentar conselheiro
16.11.17 15h41 » Empresa vai indenizar cuiabano por cobrança ilegal de R$ 0,60
16.11.17 11h13 » Dono de concessionária terá que devolver R$ 115,1 mil ao Estado



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet