Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Os herdeiros devem saber que não receberão de forma gratuita os bens deixados por quem partiu dessa para melhor
  • XÊNIA ARTMANN GUERRA
    “Evoluímos” para a repulsiva situação de uma advogada ser presa e algemada dentro de um fórum no exercício da profissão
  • JEAN CARVALHO
    Atribuo, sob a minha ótica, a responsabilidade da dificuldade passada pelo Poder Judiciário ao próprio Judiciário

Tamanho do texto A- A+
02.07.2018 | 17h03
Crime ambiental
Deputado Daltinho recorre de condenação no TJ
DA REDAÇÃO
DALTINHO

O deputado Adalto de Freitas, que recorreu de sentença

O deputado Adalto de Freitas (Patriota), o Daltinho, recorreu no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) da decisão que o condenou a cinco anos e dois meses de prisão, em regime semiaberto, por crimes ambientais.

O caso deverá ser levado a julgamento em breve no Plenário do TJ-MT, composto por 30 desembargadores. O relator do caso é o desembargador João Ferreira Filho.

Daltinho foi condenado pela acusação de ter degradado área de preservação ambiental, com derrubada de árvores nativas. A sentença foi dada pelo juízo da 3ª Vara Cível e de Meio Ambiente da Comarca de Barra do Garças (521 km de Cuiabá).


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet