Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado

Tamanho do texto A- A+
10.11.2017 | 11h13
Prescreveu
Ação penal contra deputado estadual é extinta; caso ocorreu em 2008
DA REDAÇÃO
Nininho 221216

Ação penal contra Nininho prescreveu e foi extinta

O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso extinguiu uma ação penal que apurava suposta prática de fraude licitatória e associação criminosa por parte do deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), o “Nininho”.

O caso ocorreu em 2008, quando ele era prefeito de Itiquira (357 km ao Sul de Cuiabá). Porém, segundo o desembargador Rondon Bassil, relator do caso, o alegado ilícito já prescreveu.

O magistrado explicou que a denúncia foi recebida no dia 15 de junho de 2009 e, como a prescrição para os crimes é de oito anos, não haveria como julgar o deputado após o dia 15 de junho de 2017.

“Com o acolhimento da tese da prescrição, fica prejudicada a análise do mérito, e a consequência é a extinção da punibilidade”, votou Bassil, sendo acompanhado por todo o Pleno do tribunal.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Junho de 2012
14.06.12 09h41 » Clamor supremo
11.06.12 15h44 » Sumiço no TJ
11.06.12 11h44 » O sucessor
11.06.12 11h42 » Contra PEC 37
08.06.12 10h05 » Ancião deselegante
07.06.12 09h31 » Afastado do TJ
07.06.12 09h28 » Tourinho X Calmon
05.06.12 14h05 » "Mercado negro"
05.06.12 10h23 » Rabello e Uemura
05.06.12 10h01 » Política e Direito



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet