Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Juridicamente é irrelevante o nome que se dá ao tributo, devendo ser definido o tributo através de seu fato gerador
  • RENATO GOMES NERY
    Não pode a Justiça afirmar que tal cor um dia é preta e no outro dia é branca; isto leva ao descrédito
  • VALBER MELO E FILIPE MAIA BROETO
    Ao implementar-se o método do discovery, eliminar-se-ão os "blefes", os "trunfos", as "jogadas desleais", bem como os eventuais "jogadores espertos"

Tamanho do texto A- A+
10.02.2018 | 09h26
R$ 183 mil
Tribunal de Contas de MT cobra herdeiros de ex-presidente da FMF
DA REDAÇÃO

O Tribunal de Contas do Estado tenta receber dos herdeiros do ex-presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Carlos Orione, a quantia de R$ 183.086,45 por irregularidades na prestação de contas de um convênio com o Governo do Estado para a realização de um torneio de futebol sub17 em 2007.

O dinheiro foi destinado à federação por meio do Fundo de Desenvolvimento Desportivo do Estado de Mato Grosso.

Como Orione morreu em novembro de 2016, a cobrança agora incide sobre seu espólio. No entanto, os advogados da família argumentam que a tomada de contas que resultou na multa prescreveu.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Junho de 2018
29.06.18 17h11 » Prisão mantida
29.06.18 16h46 » Jogo do Brasil
28.06.18 13h57 » “Negligente”
27.06.18 09h10 » Operação Bereré
26.06.18 17h55 » Engeglobal
25.06.18 17h01 » "Fantasma"
22.06.18 17h46 » Desagravo
22.06.18 14h36 » Multa de R$ 6,4 mi
21.06.18 16h52 » Questão de foro
21.06.18 11h49 » Sétima Vara



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet