Artigos
  • GISELE NASCIMENTO
    Decisões que atestam o “mero aborrecimento” em casos de desrespeito ao consumidor estimulam o “mero abuso”
  • HÉLCIO CORRÊA
    Não vale mais baratear debate prisional no Brasil ou ficar inutilizando recursos públicos no modelo vingativo e ineficaz
  • VICTOR MAIZMAN
    Cláusula do Devido Processo Legal assegura que ninguém será privado de seus bens, sem o processo legal
  • GONÇALO DE BARROS
    Nas redes sociais, os julgamentos são mais abertos, transparentes; a exceção é o anonimato

Tamanho do texto A- A+
10.10.2017 | 18h07
“Vingança”
Juíza Selma Arruda arquiva suspeição contra promotora do MPE
DA REDAÇÃO
Ana Cristina Bardusco

A promotora Ana Bardusco: suspeição arquivada

A juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital, arquivou a exceção de suspeição do advogado Levi Machado de Oliveira, que visava a anular a denúncia formulada contra ele pela promotora de Justiça Ana Bardusco, relativa à 4ª fase da Operação Sodoma.

A decisão é da última quinta-feira (5). Na exceção, Levi Machado alegou que a promotora era suspeita em denunciá-lo, uma vez que ele a processou criminalmente, e ela teria amizade com o delator do esquema, Filinto Müller, e teria agido com "vingança".

A juíza Selma, no entanto, sequer analisou o mérito do caso, uma vez que o advogado de Levi Machado não recebeu procuração específica para poder ingressar com a suspeição e, desta forma, o processo foi arquivado.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Dezembro de 2017
05.12.17 14h00 » Sem paciência
05.12.17 10h43 » Estrelado
05.12.17 08h25 » Convescote
04.12.17 17h10 » Caso Faespe
04.12.17 14h20 » Estratégia
03.12.17 10h10 » Caso Silval
01.12.17 09h40 » Grampos S/A
Novembro de 2017
30.11.17 09h00 » Queixa-crime
30.11.17 07h01 » Sem indícios
29.11.17 06h30 » “Bertha Lutz”



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet