Artigos
  • DIOGO BOTELHO
    Ideia de intervenção viola preceitos militares e não tem guarida jurídica
/ INCENTIVOS FRAUDULENTOS

Tamanho do texto A- A+
25.03.2020 | 15h15
Juiz interrompe ação que apura esquema que favoreceu cervejaria
Decisão atendeu um pedido do Ministério Público Estadual (MPE) para não perder o prazo prescricional
Alair Ribeiro
O ex-governador Silval Barbosa (No detalhe)
THAIZA ASSUNÇÃO
DA REDAÇÃO

O juiz Bruno D’Oliveira Marques, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, determinou a interrupção de uma ação civil de responsabilidade por ato de improbidade administrativa proposta contra a Cervejaria Petrópolis S/A, representada pelo empresário Walter Faria e o ex-governador Silval Barbosa. 

Além deles, também respondem a ação  os ex-secretários de Estado Pedro Nadaf e Marcel de Cursi e o vereador de Cuiabá Renivaldo Alves do Nascimento, que é servidor da Sefaz.

A ação, que tramita em segredo de Justiça, investiga a concessão de benefício fiscais fraudulentos à cervejaria na gestão de Silval.

Em troca, a Petropolis teria repassado uma propina de R$ 2 milhões ao ex-governador para pagamento de dívidas de campanha.

A suposta fraude foi delatada por Silval e Pedro Nadaf em seus acordo de colaboração premiada.  

O pedido para interromper a investigação partiu do Ministério Público Estadual, uma vez que o prazo prescricional [perda do direito de ação ocasionada pelo transcurso do tempo] estaria vencendo.

“Defiro o protesto como requerido, para tanto, proceda-se a notificação pessoal dos demandados, para ciência formal da medida, por meio da qual o Ministério Público do Estado de Mato Grosso demonstra seu propósito específico, de interromper o prazo prescricional da ação civil de responsabilidade por ato de improbidade administrativa, a ser proposta contra os demandados nos termos da Lei nº 8.429/1992, sobre os fatos apurados no Inquérito Civil – SIMP 009945-001/2017”, decidiu o juiz.

Com a decisão, a prescrição começa a correr a partir da data em que foi interrompida.

Leia mais: 

Em troca de incentivo, Silval diz ter recebido R$ 2 mi de cervejaria


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2020 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet