Artigos
  • FELIPE AMORIM REIS
    A lei sancionada fomentará a famigerada guerra fiscal entre os municípios
/ ALVO DA RECEITA

Tamanho do texto A- A+
08.02.2019 | 17h36
Gilmar Mendes aponta "abuso de poder" e "ataque reputacional"
"Referida casuística" não é inédita e se volta contra integrantes do Judiciário, diz ministro
Nelson Jr/STF
O ministro Gilmar Mendes, do STF
DA REDAÇÃO

No pedido que encaminhou ao presidente do STF Dias Toffoli – pedindo providências para apurar a legalidade de uma investigação contra ele e a esposa na Receita Federal -, o ministro Gilmar Mendes não economizou nos adjetivos.

"O que causa enorme estranhamento e merece pronto repúdio é o abuso de poder por agentes públicos para fins escusos, concretizado por meio de uma estratégia deliberada de ataque reputacional a alvos pré-determinados", escreveu o magistrado.

Ele afirmou ainda que "referida casuística" não é inédita e se volta contra integrantes do Judiciário "em especial em momentos em que a defesa de direitos individuais e de garantias constitucionais desagrada determinados setores ou agentes".

Nesta sexta-feira (8), a coluna Radar, da Revista Veja, informou que a Receita estaria investigando “focos de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência” supostamente por parte do ministro e de sua esposa Guiomar Mendes.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2019 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet