Artigos
  • GONÇALO ANTUNES DE BARROS
    Sabemos que há individualidade por haver uma historicidade vivida por cada qual

Tamanho do texto A- A+
10.07.2018 | 16h36
Alvo da Rêmora
Ex-servidor tenta liberdade no Superior Tribunal de Justiça
DA REDAÇÃO
Fabio Frigeri

O ex-servidor da Secretaria de Estado de Educação, Fábio Frigeri

O ex-servidor Seduc, Fábio Frigeri, denunciado na Operação Rêmora sob suspeita de envolvimento em um suposto esquema de fraudes em licitações na Pasta, entrou com um pedido de habeas corpus junto ao STJ, na última semana.

Ele voltou a ser preso no dia 19 de junho após descumprir a proibição de manter contato com os demais acusados do esquema, e enviado mensagens de textos ao celular de Rúbia Moraes, esposa do ex-secretário de Educação do Estado Permínio Pinto.

Nas mensagens, ele teria  supostamente “intimidado” o ex-secretário. O HC será analisado pela presidente do Tribunal, a ministra Laurita Vaz.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet