Artigos
  • VILSON NERY
    Li as propostas dos três candidatos, e separei as palavras “agricultura” e agronegócio” em seu contexto no plano de governo, para dar qualidade à minha pretensão
  • JOÃO PAULO OLIVEIRA
    No processo eleitoral atual há uma enorme preocupação com relação a informações falsas que são passadas no que tange a uma série de situações e candidatos

Tamanho do texto A- A+
20.06.2018 | 17h22
Largou a toga
Juiz troca magistratura de Mato Grosso pela Defensoria Pública
DA REDAÇÃO
FRANCISCO SANDRIN

O juiz Francisco Sandrin, que vai passar a atuar como defensor público

O juiz substituto Francisco Junqueira Pimenta Barbosa Sandrin, da Comarca de Novo São Joaquim (480 km de Cuiabá), decidiu largar a magistratura para ser defensor público.

Empossado em 2016, o magistrado pediu exoneração em maio deste ano, requerimento que foi acatado pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), desembargador Rui Ramos Ribeiro.

Francisco Sandrin passará a atuar na Defensoria Pública do Distrito Federal, onde foi nomeado recentemente.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet