Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado
  • RENATO GOMES NERY
    Livro expõe como a polícia americana age para debelar o crime organizado, com a aplicação da Lei Rico

Tamanho do texto A- A+
20.06.2018 | 16h59
Ameaça no Whats
Alvo tinha certeza da impunidade, diz desembargador na decisão
DA REDAÇÃO
Rondon Bassil

O desembargador Rondon Bassil, que determinou nova prisão a Frigeri

Na decisão em que mandou prender o ex-servidor Fabio Frigeri, no bojo da Operação Rêmora, o desembargador Rondon Bassil destacou que o alvo tinha “certeza da impunidade”.

Frigeri teve a nova prisão decretada em razão das ameaças que é acusado de ter feito, via WhatsApp, ao ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto. Ambos são réus da operação, que apura esquemas na Pasta.

“Mesmo sob a vigência de medidas cautelares diversas que lhe impediam de aproximar-se de outros denunciados, não apenas tentou estabelecer contato com um deles, mas, além disso, pretendeu claramente ameaçá-lo!

“Não pode quedar-se inerte a Justiça ao se deparar com tal comportamento, eis, que em admitindo-se tal hipótese, estar-se-ia, perigosamente, a estimular o acusado a incursionar em novas práticas de descumprimento da determinação legal”, disse o desembargador.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet