Artigos
  • GONÇALO ANTUNES DE BARROS
    Sabemos que há individualidade por haver uma historicidade vivida por cada qual

Tamanho do texto A- A+
15.06.2018 | 13h57
Efeito Blairo
Processo da Lava Jato poderá vir para Mato Grosso
DA REDAÇÃO
Blairo Maggi

O ministro Blairo Maggi, que é alvo de inquérito da Lava Jato

Com a decisão do STF desta terça-feira (12) no sentido de que ministros do Estado investigados por crimes cometidos em outros cargos não possuem "foro privilegiado", o inquérito da Lava Jato que investiga o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), deverá ser remetido em breve para a Justiça Federal em Mato Grosso.

Neste inquérito, Blairo é investigado pela suspeita de ter recebido repasses na ordem de R$ 12 milhões por meio do Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht para o financiamento da campanha eleitoral de 2006, via caixa dois, quando venceu a eleição para o Governo do Estado.

O alegado esquema foi revelado pelos delatores João Antônio Pacífico Ferreira, diretor superintendente para as Áreas Norte, Nordeste e Centro Oeste da Odebrecht, e Pedro Augusto Carneiro Leão Neto, diretor de contratos da construtora. Blairo nega as acusações.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet