Artigos
  • LUIZ FLÁVIO GOMES
    O habeas corpus protocolado em favor do ex-presidente Lula começou juridicamente errado
  • RENATO GOMES NERY
    Livro expõe como a polícia americana age para debelar o crime organizado, com a aplicação da Lei Rico
/ TRIBUNAL DE ÉTICA

Tamanho do texto A- A+
26.04.2018 | 16h38
OAB-MT instaura processos para apurar conduta de inadimplentes
No fim do ano passado, a tesouraria emitiu cerca de 800 certidões de inadimplência
Reprodução/OAB-MT
Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso
DA REDAÇÃO

O Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) instaurou nesta quarta-feira (25) 92 processos éticos para apurar a conduta de profissionais inadimplentes com as anuidades da entidade.

A falta de pagamento das anuidades da OAB-MT é conduta prevista como infração ética e disciplinar no inciso XXIII do artigo 34 do Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94), cuja sanção é a interdição do exercício profissional em todo território nacional.

De acordo com o presidente do TED, João Beneti, os processos instaurados podem culminar com suspensão do exercício profissional de, no mínimo, 30 dias, perduráveis até a quitação dos débitos.

No fim do ano passado, a tesouraria da OAB-MT emitiu cerca de 800 certidões de inadimplência. Após análise por parte do TED começaram a ser emitidas as notificações para os profissionais em débito com as anuidades.

As notificações foram encaminhadas por correspondência com Aviso de Recebimento (AR) para o endereço cadastrado pelo profissional junto à OAB-MT. Após tentativa de entrega sem sucesso, a notificação se dá por meio de edital.

Após ser notificado, o profissional tem prazo de 15 dias para procurar a tesouraria da OAB-MT e regularizar seus débitos.

Os processos instaurados são relativos justamente aos profissionais que, concluída a notificação e encerrado o prazo, não se manifestaram em relação aos seus débitos.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet