Artigos
  • JUNIOR MACAGNAM
    Em mais de 30 anos de democracia, de que valeu o foro especial? Apenas para a corrupção
  • VICTOR MAIZMAN
    Pela iniciativa popular, podem ser criadas não somente leis, como também, revogá-las
  • CARLOS RAFAEL DE CARVALHO
    Medida deve ser avaliada com ressalvas porque pode beneficiar mais aos bancos do que aos consumidores

Tamanho do texto A- A+
14.07.2017 | 17h34
Grampos & MPE
Desembargador: “Vampiro cuidando de sangue é perigoso”
DA REDAÇÃO
Alberto Ferreira

O desembargador Alberto Ferreira, que criticou pedido de arquivamento sobre escutas ilegais

O desembargador Alberto Ferreira fez uma dura crítica ao procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, em razão do pedido para arquivar a notícia-crime da OAB-MT que dá conta de suposta participação de membros do Ministério Público Estadual (MPE) em esquema de “grampos”.

Curvo havia pedido o arquivamento sob a alegação de que cabe a ele investigar membros do MPE e que a mesma investigação já tramita no órgão.

Durante a sessão ocorrida na quinta-feira (14), na qual o TJ-MT negou o pedido de Curvo, o desembargador rebateu o chefe do MPE e afirmou que tal tese “não habita o mundo jurídico”.

“Então, todos os procedimentos que lá [MPE] tramitar vão voltar com um pedido de arquivamento e aí nós vamos chancelar? Determinar que o vampiro cuide do banco de sangue é perigoso, disparou.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2018
18.05.18 16h02 » Crédito Podre
17.05.18 17h09 » Convescote
16.05.18 18h03 » Condenado
16.05.18 18h02 » Sócios da EIG
16.05.18 08h58 » Políticos na mira
15.05.18 17h49 » Alvo do Gaeco
14.05.18 09h35 » Impasse jurídico
12.05.18 12h12 » Delação à vista?
11.05.18 16h53 » "Perguntinha"
10.05.18 17h58 » Alvo de processo



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet