Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    Se agente público pode agir de forma discricionária, Constituição censura atitudes incoerentes

Tamanho do texto A- A+
20.04.2017 | 14h26
Presidente do TRE
Corrupção no País é um câncer "assustador"
DA REDAÇÃO

Para o recém-empossado presidente do TRE-MT, desembargador Mácio Vidal, o Brasil está a um passo de se livrar do “câncer” da corrupção.

Em entrevista nesta semana, ele afirmou que outros países já passaram pela mesma situação e que o ponto de mudança ocorreu quando a população se manifestou e pediu um "basta".

Vidal pontuou ainda que a corrupção existe em qualquer sociedade, mas que, em algumas delas, a exemplo do Brasil, "passa dos limites".

“Você não tem como impedir que uma pessoa não seja ética ou não cometa determinado delito, mas o número excessivo, da forma organizada como estamos vendo, é algo assustador”, disse.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:
Maio de 2017
24.05.17 14h29 » Big Brother
24.05.17 09h31 » "A" pergunta
24.05.17 09h27 » Efeito grampos
23.05.17 11h39 » Contra a Avianca
23.05.17 11h38 » Grampolândia
23.05.17 11h37 » Efeito JBS?
22.05.17 14h44 » Rêmora
22.05.17 14h43 » Leves e soltos
22.05.17 14h42 » Grampos
22.05.17 14h42 » Propina



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet