Artigos
  • RITA DE CASSIA BUENO
    Vale ressaltar que a prisão não extingue o débito alimentar, não isentando o devedor de pagar os valores vencidos e vincendos
/ INFRAESTRUTURA

Tamanho do texto A- A+
06.04.2017 | 17h26
Rui Ramos anuncia construção do novo fórum de VG
Prefeita pediu que lançamento da pedra fundamental seja no aniversário da cidade
Marcus Mesquita/MidiaNews
Presidente do TJMT, Rui Ramos fez anúncio durante visita de comitiva do município
DA ASSESSORIA

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Rui Ramos Ribeiro, garantiu a construção da nova sede do fórum de Várzea Grande. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (5 de abril), durante reunião em que recebeu uma comitiva composta pela prefeita do Município, Lucimar Campos, pelo secretário municipal de Assuntos Estratégicos, Jaime Campos, pelo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho, pela presidente da Subseção da OAB de Várzea Grande, Flávia Moretti, juízes da Comarca e representantes do legislativo municipal.
 
“Vamos construir o novo fórum sim, mas é preciso redimensionar o projeto e enxugar os custos que são bastante elevados. O lançamento oficial dependerá de requisitos técnicos que serão resolvidos o mais breve possível, contudo nossa intenção é entregar esta obra até o final de 2018”, destacou o magistrado.
 
A resposta do presidente atende ao pleito da prefeita da cidade industrial que, inclusive solicitou o lançamento da pedra fundamental no dia do aniversário de 150 anos da cidade, em 15 de maio. “Saímos daqui com uma ótima notícia para os cidadãos várzea-grandenses, o início das obras do novo prédio do Foro. Estamos muito satisfeitos com o resultado desta parceria firmada com o Poder Judiciário, é um sonho que se materializa. Hoje a atual sede do fórum não comporta a demanda do Município que possui quase 300 mil habitantes”.
 
Reivindicação que de acordo com o juiz diretor do Foro de Várzea Grande, Jones Gattas, era antiga e vem ao encontro da necessidade de ampliação do espaço. “Hoje nossa sede não nos atende a contento, mas com a edificação teremos um espaço moderno e adequado à demanda que possuímos e até poderemos expandir nossas atividades”, pontuou.
 
A construção do prédio do fórum foi tema de diversas conversas entre o parlamentar e o desembargador. “Nessas conversas também entrou em pauta, principalmente a questão orçamentária para viabilizar a obra. O Legislativo estadual é aliado do Judiciário neste sentido, faremos o possível para que haja recursos para tocar não apenas esta, mas todas as demandas do Poder Judiciário”, revelou Eduardo Botelho.
 
Conquista comemorada pela presidente da Subseção da OAB de Várzea Grande, Flávia Moretti. “Estou realizada, desde 2012 lutamos para que esta obra saia do papel. Trabalhamos junto com a equipe técnica do tribunal neste projeto. O benefício para o jurisdicionado é muito grande, afinal com o Judiciário estruturado é possível garantir melhoria no serviço prestado com agilidade e efetividade”.
Na reunião foi apresentado o projeto do fórum de Várzea Grande que será construído no Bairro Chapéu do Sol, numa área com 21.400 metros quadrados. A unidade contará com três pavimentos com capacidade para abrigar 24 varas, dois juizados especiais, central de atendimento, tribunal do júri e demais salas que compõem uma comarca. Assim como, salas de audiências de conciliação e mediação. Ao todo serão disponibilizadas 260 vagas de estacionamento.
 
Também participaram do encontro, o juiz auxiliar da presidência Tulio Duailibi, a diretora-geral do TJMT, Claudenice Dejayne F. de Costa, a coordenadora de Infraestrutura, Angela Gaspar Nogueira, o coordenador de Planejamento, Afonso Maciel, o juiz da Terceira Vara Cível Luis Otávio Pereira Marques e autoridades do município de Várzea Grande.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet