Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    A propriedade foi adquirida pela Princesa Isabel e pelo Conde d'Eu com o dinheiro do dote dado pelo Estado para o casamento da Princesa
  • GONÇALO ANTUNES DE BARROS
    As gerações futuras precisam ouvir a voz que desta ainda aprisionam
/ ELEIÇÕES

Tamanho do texto A- A+
21.03.2017 | 11h13
"Precisamos afastar o candidato do dinheiro", diz Gilmar Mendes
Para o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o atual sistema de votação faliu
Nelson Jr/STF
Mendes defende que o modelo eleitoral seja alterado pelo Congresso
DO G1

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, afirmou nesta terça-feira (21) que é preciso “afastar o candidato do dinheiro”, ao defender uma mudança no sistema eleitoral brasileiro.

“Vocês vão ver agora, por exemplo, que na campanha presidencial nós tivemos um imenso caixa dois. Isso já foi declarado nessas investigações. É uma montanha de dinheiro que corre. E aí todos os vícios do sistema. Então, nós precisamos mudar o sistema, precisamos encerrar esse ciclo, precisamos afastar o candidato do dinheiro, precisamos tomar algumas providências que são mais ou menos óbvias”, afirmou.

Em entrevista concedida na Câmara dos Deputados, o ministro disse que é preciso discutir qual o modelo ideal, mas fez críticas ao sistema vigente hoje no Brasil.

“O que eu acho importante é que nós decretemos de uma vez por todas que esse modelo eleitoral proporcional de lista aberta com coligação faliu. Ele deu péssimos resultados e vai continuar a dar resultados piores”, afirmou.

Mendes participou do Seminário Internacional sobre Sistemas Eleitorais, evento organizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Câmara dos Deputados.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2018 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet