Artigos
Artigos
  • PAULO LEMOS
    "Quem paga a conta, escolhe o restaurante, cardápio e o prato"
Enquetes

Você é favorável a recomendação do CNJ para que advogado tenha lugar na tribuna?

  • Sim, pois garante a igualdade na relação entre juiz, promotor e advogado
  • Não, porque o advogado não faz parte do Estado
  • Tanto faz, o fato não vai interferir em nada no dia a dia da advocacia

Preencha o formulário abaixo para receber em primeira mão as novidades e os informativos do Midia Jur:

  • Nome:


  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Sábado, 14 de janeiro de 2012, 09h50

Tamanho do texto A- A+
/ EM 2012
Valor máximo de causas trabalhistas é de R$ 24,8 mil
Advogados e partes devem ficar atentos à mudança, já que reajuste do mínimo é em janeiro
DA ASSESSORIA
O valor máximo das causas trabalhista para o rito sumaríssimo passou a partir de 1º de janeiro de 2012, para R$ 24.880,00. O valor é calculado com base no novo salário mínimo que aumentou de R$ 545,00 para R$ 622,00.

Os advogados e as partes devem ficar atentos para esse novo valor da causa, uma vez que este ano o governo mudou a data de reajuste do salário mínimo para o mês de janeiro. No ano passado o reajuste foi em primeiro de março.

As ações de rito sumaríssimo na Justiça do Trabalho tem base na Lei nº 9.957 de 12.02.2000, que instituiu o chamado procedimento sumaríssimo no processo do trabalho e estipulou o limite máximo para o valor da causa, que não poderá ultrapassar quarenta vezes o salário mínimo nacionalmente unificado (art. 852-A da CLT).
Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright 2012 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet