Artigos
  • RENATO GOMES NERY
    O falso positivo com o nome sugere é tudo aquilo que foi tido como positivo e é negativo
  • VICTOR MAIZMAN
    Apesar dos animais serem classificados como “coisa” pelo Código Civil, STJ já flexibilizou tal conceito
/ "FALTA DE TRANSPARÊNCIA"

Tamanho do texto A- A+
24.06.2020 | 11h51
TCE dá três dias para Emanuel divulgar gastos na pandemia da Covid
Conselheiro vê ausência de transparência quanto às aquisições de bens e serviços destinados à crise
Alair Ribeiro
O conselheiro interino Moises Maciel
DA REDAÇÃO

O conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) Moises Maciel, determinou cautelarmente que a Prefeitura de Cuiabá inclua no Portal da Transparência do município, no prazo de três dias, todos os documentos referentes as aquisições de bens, serviços e produtos destinados ao combate do novo coronavírus (Covid-19).

A medida cautelar, publicado no Diário Oficial de Contas (DOC) desta terça-feira (23), foi solicitada em Representação de Natureza Interna movida pela Secretaria de Controle Externo de Saúde e Meio Ambiente do TCE-MT, por suposta ausência de transparência quanto às aquisições de bens e serviços destinados ao enfrentamento da pandemia.

De acordo com o conselheiro, a equipe técnica da Corte de Contas constatou que procedimentos realizados pela Prefeitura de Cuiabá para enfrentamento da Covid-19 não estavam sendo devidamente disponibilizados no Portal da Transparência.

Sendo assim, determinou que a prefeitura publique todas as informações sobres prazos e valores das contratações, objeto, quantia e a fonte de custeio, o motivo da escolha da empresa e a justificativa do preço contratado, nos casos de dispensa ou inexigibilidade de licitação, bem como a identificação dos respectivos empenhos, liquidações e pagamentos.

O julgamento singular N° 465/MM/2020 ainda será analisado pelo Tribunal Pleno, que decidirá pela homologação ou não da medida cautelar.

Outro lado

Por meio de nota, a Prefeitura de Cuiabá afirmou que por conta da urgência das contratações em meio à pandemia, bem como do regime de teletrabalho dos servidores, a atualização do Portal da Transparência sofreu atrasos.

Entretanto, disse que uma equipe técnica da Controladoria Geral do Município se dedica na atualização das informações.

Leia a íntegra da nota:

A Prefeitura de Cuiabá informa que trabalha para atender ao pedido do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso e que sempre agiu com transparência e respeito ao orçamento público. Em tempo, ressalta que, devido a urgência de contratações e compra de produtos, bem como do regime de teletrabalho por conta do combate a propagação do novo Coronavírus, a atualização do Portal da Transparência sofreu atrasos, mas no momento uma equipe técnica da Controladoria Geral do Município se dedica na atualização das informações, para que a solicitação seja cumprida o mais célere possível.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2020 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet