Artigos
  • VICTOR MAIZMAN
    É preciso entender a CF para analisar se a lei está em consonância com a Carta
  • ROSANA LEITE DE BARROS
    O que tenho visto são estatísticas evidentes e gritantes de violência doméstica e familiar
/ FUROU BARREIRA

Tamanho do texto A- A+
07.01.2020 | 14h43
Desembargadora fixa fiança de R$ 5 mil a motorista embriagado
Jovem capotou veículo no dia 1º de janeiro; um passageiro morreu e uma mulher ficou ferida
Alair Ribeiro/TJMT
A desembargadora Maria Erotides Kneip
CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

A desembargadora Maria Erotides Kneip Baranjak, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), determinou a liberdade do motorista Lucas Henrique Figueiredo de Almeida, 23 anos, mediante pagamento de fiança de cinco salários mínimos, o que corresponde a R$ 5.195.

A determinação foi dada neste domingo (5) após a defesa do motorista ingressar com pedido de habeas corpus.

No dia 1º de janeiro, ele furou um bloqueio policial e capotou o carro. O passageiro do veículo, Thiago Henrique Faria de Alcântara, de 23 anos, não resistiu aos ferimentos do acidente e morreu. Uma mulher ficou ferida.

O jovem foi preso acusado de direção perigosa e por dirigir sob efeito de álcool.

Conforme informação da assessoria de imprensa, a desembargadora acatou parte do pedido da defesa e reduziu a fiança que antes havia sido fixada em 20 salários mínimos.

Reprodução

Motorista

Motorista passou por teste de bafômetro e foi constatado que ele estava embriagado

Os advogados do motorista alegaram que ele tem como renda mensal o salário de R$ 1.400.

O caso

Segundo informações da Polícia Militar, o motorista do veículo estava embriagado e não obedeceu à ordem de parada em uma barreira policial, nas proximidades do Jardim Vitória.

O homem furou o bloqueio e tentou fugir em alta velocidade, mas perdeu o controle do veículo, bateu em um poste e capotou em seguida.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local e socorreram uma mulher e um homem que estavam como passageiros do veículo.

As vítimas foram conduzidas para o Hospital Municipal, mas devido à gravidade do acidente Thiago Henrique não resistiu e morreu.

O motorista, que teve ferimentos leves, passou pelo teste de alcoolemia, que mede a quantidade de álcool o sangue. Foi constatado que o homem estava embriagado.

Na tarde do mesmo dia, ele passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida a preventiva.

Leia mais sobre o assunto:

Motorista fura barreira policial, capota carro e passageiro morre


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2020 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet