Artigos
  • RENATO GOMES NERY
    O falso positivo com o nome sugere é tudo aquilo que foi tido como positivo e é negativo
/ PÉRSIO LANDIM

Tamanho do texto A- A+
31.12.2019 | 09h22
Como é ser um líder?
Saber liderar também inclui a busca de potencial de liderança nos outros
PÉRSIO LANDIM

Ao longo do ano me debrucei em desmistificar e retratar de forma didática os temas: agronegócio e empreendedorismo/liderança. Com a chegada de 2020 muitos leitores irão começar o próprio negócio, ou galgar uma promoção dentro da empresa que já atuam. Uma pergunta que sempre me fazem é: o que é preciso para ser um líder?

Não é algo que tenha uma resposta pronta, mas algumas características são inerentes ao percurso dos que chegam lá. O relacionamento interpessoal é importantíssimo, afinal, é na equipe que está toda matéria-prima.

No entanto, enquanto os líderes definem a direção, eles também devem usar habilidades de gerenciamento para guiar seu pessoal ao destino certo

Os líderes ajudam a si mesmos e aos outros a fazer as coisas certas. Eles definem a direção, constroem uma visão inspiradora e criam algo novo. Liderança é mapear onde você precisa ir para "vencer" como equipe ou organização; e é dinâmico, emocionante e inspirador.

No entanto, enquanto os líderes definem a direção, eles também devem usar habilidades de gerenciamento para guiar seu pessoal ao destino certo, de maneira suave e eficiente.

Nos negócios, uma visão é uma representação realista, convincente e atraente de onde você deseja estar no futuro. A visão fornece direção, define prioridades e estabelece um marcador, para que você possa dizer que alcançou o que queria alcançar.

Outro fator que é particularmente útil é quando os líderes têm poder especializado. As pessoas admiram e acreditam porque são especialistas no que fazem. Têm credibilidade, cativam,  ganham ouvintes e seguidores. Isso torna muito mais fácil motivar e inspirar as pessoas que integram seu time.

Liderança também inclui a busca de potencial de liderança nos outros. Ao desenvolver essa habilidade em sua equipe, você cria um ambiente em que pode continuar o sucesso a longo prazo. E essa é uma verdadeira medida de grande conquista.

Muitos tentam ignorar emoções negativas em seus locais de trabalho - uma tática que pode ser contraproducente e cara. Se os sentimentos negativos dos funcionários forem respondidos com sabedoria, as emoções negativas podem fornecer um feedback que amplia o pensamento e as perspectivas, e que permite que as pessoas vejam as coisas como elas são.

Ou seja, fórmula pronta realmente não há! O processo é uma soma de fatores em meio ao feeling de cada líder. O importante é se colocar no lugar do outro, desenvolver na equipe o prazer pelo que se faz, mostrar que cada um é importante para o sucesso do todo.

PÉRSIO LANDIM é advogado, especialista em Direito Agrário e em Gestão do Agronegócio.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2020 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet