Artigos
  • ARNALDO JUSTINO
    Tive essa sensação durante a votação do STF sobre a redução do salário do servidor
  • LUIS FILIPE GOMES
    Receita Federal altera regras relativas à obrigatoriedade da entrega
  • RENATO GOMES NERY
    A questão do meio ambiente é seríssima, pois diz respeito ao nosso futuro
/ R$ 27 MIL

Tamanho do texto A- A+
10.05.2019 | 17h05
Magistrados fazem "vaquinha" para ajudar juiz a pagar indenização a Gilmar Mendes
Ministro do Supremo receberá R$ 27 mil do juiz Glaucenir de Oliveira
Rosinei Coutinho/SCO/STF
O ministro Gilmar Mendes, do STF
DO CONSULTOR JURÍDICO

Magistrados estão organizando uma “vaquinha” para ajudar o juiz Glaucenir de Oliveira, da Vara Criminal de Campos dos Goytacazes (RJ), a pagar a indenização por danos morais de R$ 27 mil que deve ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

Na segunda-feira (6), o Órgão Especial do TJ-RJ aceitou denúncia por calúnia contra o juiz e decidiu pela suspensão condicional do processo em troca do pagamento da indenização.

Em áudio enviado a um grupo de magistrados no WhatsApp, Glaucenir acusou o ministro de corrupção por ter concedido Habeas Corpus ao ex-governador do Rio Anthony Garotinho.

Glaucenir de Oliveira é integrante do Fórum Nacional dos Juízes Criminais (Fonajuc), mas o grupo não está envolvido na “vaquinha”. Na época da divulgação do áudio, a entidade saiu em defesa do juiz.

De acordo com o Fonajuc, Glaucenir utilizou seu direito de liberdade de expressão e de pensamento, em um espaço privado e sem qualquer interesse em tornar público o assunto. Segundo o fórum, o vazamento de uma conversa privada é crime.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2019 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet